Citros/Cepea: Mesmo com maior produção na safra 2017/18, preço se sustenta

02/01/2018

As cotações da laranja paulista nos segmentos industrial e in natura se mantiveram em patamares firmes em 2017, apesar do aumento da produção da temporada 2017/18. Pesquisadores do Cepea afirmam que este cenário está atrelado à maior demanda industrial. Em dezembro, o Fundecitrus divulgou estimativa que aponta que a produção 2017/18 deve totalizar 385,2 milhões de caixas, 57% superior ao volume da temporada 2016/17.

Assim, agentes industriais acreditam que a moagem ainda deve ser intensa no início do ano que vem. Quanto à lima ácida tahiti, os preços em 2017 estiveram próximos ao que é tipicamente observado, com valores menores no primeiro semestre, por conta da maior oferta, e recuperação gradual no segundo, devido à entressafra.